Home > Política > Alckmin em NY: ‘Preocupa relegar a política ao plano secundário’

Alckmin em NY: ‘Preocupa relegar a política ao plano secundário’

Tentando recuperar o tempo perdido na disputa presidencial de 2018, o governador de São Paulo, Geraldo Alckmin (PSDB), saiu em defesa da política tradicional nesta terça-feira. Alckmin falou durante palestra para empresários no Bank of America Merryll Linch, em Nova York, nos Estados Unidos.

O governador paulista falou que está preocupado que a política fique em segundo plano. “Me preocupa, muitas vezes, relegar a política ao plano secundário, porque ela é a atividade essencial. Não adianta a empresa ir bem, se a economia de seu país vai mal. Não adianta você ser o melhor agricultor do mundo da porteira para dentro se da porteira pra fora nada funciona”, disse.

Ele evitou criticar diretamente a “onda do gestor”, mas a fala chama a atenção no momento em que o prefeito de São Paulo João Doria (PSDB), se baseia no discurso de “não ser político” e ganha espaço para ser o nome do PSDB a disputar o Planalto. Alckmin já disse que Doria seria um “ótimo candidato”, mas tem insistido em ganhar espaço para se consolidar ele como o representante do partido.A importância de fazer política foi o mote do programa eleitoral do PSDB, exibido na televisão na semana passada. O governador paulista apareceu, ao lado de outros caciques, como o ex-presidente Fernando Henrique Cardoso e o senador Aécio Neves. O prefeito de São Paulo, no entanto, não. Esta semana, ele atenuou o discurso, declarando que a “pior política é a da omissão”.

Em Nova York, o governador tenta lançar algo próximo a um programa de governo. Ele está apresentando a investidores um programa de concessões e Parcerias Público-Privadas (PPPs), que incluiria a capitalização da Companhia de Saneamento Básico do Estado de São Paulo (Sabesp). O recado implícito é o horizonte de adotar em plano nacional o projeto caso venha a suceder o presidente Michel Temer (PMDB).

Fonte: Veja

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *