Home > Economia > Briga entre acionistas esquenta na Usiminas

Briga entre acionistas esquenta na Usiminas

Mesmo com lucro de 108 milhões de reais nos primeiros três meses de 2017, o clima na Usiminas é de crescente instabilidade.

Conselheiros da companhia receberam informações de que a Nippon, hoje acionista da Usiminas, vendeu para a companhia equipamentos por um preço 50% superior na comparação com outros contratos firmados na América Latina.

Além de ser sócia da siderúrgica, a Nippon fornece equipamentos para a Usiminas desde a década de 50.

O fato se soma ainda à disputa pela presidência, após o afastamento de Romel Souza pelo Conselho de Administração. Os dois principais acionistas, Nippon e Ternium, não conseguem se entender sobre uma possível solução.

Fonte: veja

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *