Home > Polícia > Cadeia Vidal Pessoa passa por procedimento de revista

Cadeia Vidal Pessoa passa por procedimento de revista

A Cadeia Pública Desembargador Raimundo Vidal Pessoa passou por procedimento de revista na manhã desta sexta-feira (5), segundo informações da Secretaria de Administração Penitenciária (Seap).

De acordo com a Seap, o objetivo da ação era detectar rotas de fuga como grades serradas e escavações de túneis.

Foi realizada vistoria nas celas dos dois pavilhões que abrigam presos. A operação teve início às 6h foi concluída às 9h sem alterações, não tendo sido encontrado nenhum túnel ou cela com grades alteradas, quebradas ou serradas.

O procedimento contou com um efetivo de 52 pessoas entre policiais militares do Comando de Policiamento Especializado (CPE) e servidores da Seap. A

Cadeia Pública possui atualmente 190 presos que serão transferidos até o dia 15 de maio para uma ala já concluída do Centro de Detenção Provisória II (CDP II), localizado no km 8 da BR-174.

Fuga

No dia 24 de abril, presos conseguiram serrrar as grades de uma cela e fugir da unidade. De acordo com a Seap, a fuga aconteceu por uma grade ao lado de uma das guaritas da unidade, que estava desmontada no momento da fuga.

Cadeia reativada

A Cadeia Pública estava desativada desde outubro do ano passado, após intervenção do Conselho Nacional de Justiça (CNJ). Durante mutirão carcerário realizado na unidade, em 2013, o CNJ pediu a desativação do prédio em decorrência da superlotação de detentos no local e pelas condições subumanas a que estavam os presos.

No entanto, a Vidal voltou a receber presos, no início deste ano, logo após o massacre que resultou na morte de 60 detentos do Complexo Penitenciário Anísio Jobim (Compaj) e Unidade Prisional do Puraquequara (UPP), da fuga no Instituto Penal Antônio Trindade (IPAT), e das ameaças de morte de presos do Centro de Detenção Provisória Masculino (CDPM).

Fonte: G1

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *