Home > Economia > Déficit atuarial da Previdência dos servidores federais, estaduais e municipais chega a R$ 6,5 trilhões

Déficit atuarial da Previdência dos servidores federais, estaduais e municipais chega a R$ 6,5 trilhões

A situação da Previdência dos servidores estaduais é muito mais dramática se comparada com a Previdência dos servidores da União. No caso dos estados, o déficit atuarial, que indica a insuficiência de recursos para cobrir os compromissos dos planos de aposentadoria, equivale a R$ 4,6 trilhões, de acordo com dados do Ministério da Fazenda.

O déficit atuarial do Regime Próprio dos Servidores Públicos (RPPS), relativo aos servidores públicos federais, é de R$ 1,2 trilhão. Já o déficit atuarial dos servidores municipais está calculado em R$ 769 bilhões.

Somados, os três déficits chegam a R$ 6,5 trilhões, o equivalente a quase um PIB nominal, projetado para este ano em R$ 7,1 trilhões.

No ano passado, o déficit da Previdência dos servidores federais somou R$ 86,3 bilhões. Já o déficit dos servidores estaduais de 2016 (o resultado de 2017 ainda não está disponível) foi ainda maior: R$ 89,6 bilhões.

A situação dos estados não é homogênea. Alguns estão em situação muito pior do que outros. Há casos em que o déficit atuarial ultrapassa 200% do PIB do estado.

Fonte: Divulgação

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *