Home > Famosos > Eliane Giardini admite dificuldade em cenas de racismo em novela: ‘Chorei muito’

Eliane Giardini admite dificuldade em cenas de racismo em novela: ‘Chorei muito’

‘Tem a Erika por trás, que é uma negra e que já viveu milhares histórias como essas’, explicou a atriz
No ar como Nádia na novela “O Outro Lado do Paraíso”, Eliane Giardini comentou que sente dificuldade em interpretar uma mulher preconceituosa e revelou sofrer ao fazer ataques racistas em cena com a personagem de Erika Januza, atriz que negou romance com o ator Caio Paduan – seu par romântico na trama. “Para me apropriar dessas palavras foi um processo. Não é fácil olhar para a Erika. Tudo bem, é a Raquel personagem. Mas tem a Erika por trás, que é uma negra e que já viveu milhares histórias como essas”, disse a atriz em entrevista a Ana Maria Braga, no “Mais Você” desta quinta-feira (11).

ANA MARIA BRAGA SENTE RAIVA QUANDO VÊ NÁDIA EM CENA: ‘ME IRRITA’
Mãe de Bruno no folhetim, a artista aponta momentos marcantes. “Eu ser porta-voz, dizer ‘está pensando o que, que vai ficar com meu filho? Meu filho gosta de mulher branca, loira’. É muito duro”, afirmou a loira, que elegeu a cena em que demite a personagem, na primeira fase da história, como a mais difícil de fazer. “Foi um sofrimento essa cena. Eu chorei muito e ela chorou muito. É difícil”, contou. Ana Maria Braga, embaixadora de um movimento contra a violência doméstica, admitiu que fica com raiva de Nádia quando assiste a novela. “Confesso que estava meio chateada. Eu tô brava com a Nádia, juro por Deus. Eu fico irritada! Você consegue me irritar profundamente”, declarou a comunicadora.

ELIANE GIARDINI NÃO PENSA EM CASAR NOVAMENTE: ‘MUITO DIFÍCIL UM RELACIONAMENTO’
Separada desde 1997, Giardini não se casou novamente desde então. Com alguns casamentos, a loira abordou o assunto com a artista e ela explicou: “Tive um casamento longo e sou muito próxima do Paulo. Agora temos netos, somos vizinhos… Temos muita afinidade. Até agora não apareceu uma relação que eu tivesse vontade de me casar novamente. Falta mais o meu desejo mesmo de ter um casamento. Eu trabalho muito. Sou muito vocacionada para o que eu faço. Tenho uma família absolutamente presente e isso supre. Eu é que não tenho mais desejo. É muito difícil um relacionamento, né?”.

Fonte: Purepeople

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *