Home > Polícia > Homem é suspeito de torturar e matar ex-marido da namorada com 17 facadas em Manaus

Homem é suspeito de torturar e matar ex-marido da namorada com 17 facadas em Manaus

Após briga por ciúmes, um homem é suspeito de matar o ex-marido da atual companheira na madrugada desta quarta-feira (7). O crime ocorreu no bairro Cidade Nova, Zona Norte de Manaus. O acreano Nelson Guilherme Melo da Silva, 53 anos, teve os olhos perfurados e o rosto desfigurado por pauladas. Um amigo do suspeito está foragido.

O homicídio ocorreu na rua 1 da Comunidade Nossa Senhora do Perpétuo Socorro, por volta de 1h da madrugada. O acreano era ex-marido de Marcela Vasconcelos de Oliveira, de 37 anos, e foi à casa da ex-companheira para conversar.

Segundo a Polícia Civil, a mulher disse que o namorado identificado de Ismael Souza Braga, 28, chegou ao imóvel e encontrou os dois conversando. Ele teria ficado com ciúmes e mandou o ex-marido ir embora. Porém, Silva se recusou e os dois travaram uma luta corporal.

Depois da briga, Ismael Braga teria deixado a casa e retornado minutos depois com pedaço de madeira e acompanhado de um amigo, que estava armado com uma faca. O amigo teria esfaqueado várias vezes Nelson Silva enquanto o outro atingia a cabeça do acreano com pedaço de madeira. A dupla fugiu em seguida.

De acordo com polícia, a vítima teve os dois olhos perfurados e foi atingido com, ao menos, 17 facadas.

Por volta de 1h30, um morador que reside na rua onde crime ocorreu ligou para a Polícia Militar informando que um homem tinha sido morto em uma casa. A 6ª Companhia Interativa Comunitária (Cicom) constatou o crime e encontrou Marcela na casa.

A mulher foi levada para a delegacia onde prestou esclarecimentos. Ela foi liberada ainda na madrugada.

Para a Rede Amazônica, Marcela Vasconcelos disse que teve um relacionamento com Nelson Silva e os dois estavam separados há um ano. Ela informou que, por determinação da Justiça, o ex-marido não poderia se aproximar dela.

Ela confirmou, ainda, que o namorado e o amigo dele levaram o ex-marido para o quarto, onde ele foi espancado e o esfaqueado várias vezes.

Investigadores da Polícia Civil identificaram os suspeitos do crime. Os dois seguem foragidos

Fonte: G1

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *