Home > Política > Maluf faz teatro preso, diz autor de denúncia contra deputado

Maluf faz teatro preso, diz autor de denúncia contra deputado

Um dos autores da denúncia que levou o deputado federal Paulo Maluf para a cadeia, o promotor de Justiça Silvio Marques disse nesta quinta-feira (11) que o parlamentar faz “teatro de última categoria” ao alegar sofrer de sérios problemas cardíacos.

O promotor fez referência ao dia da prisão de Maluf: o deputado andava com dificuldades e com a ajuda de uma muleta. “Aquilo lá é teatro de última categoria. Até dias antes, ele estava trabalhando”, disse Marques. “Todo preso faz o que Maluf está fazendo, de alegar problemas de saúde para poder cumprir a pena em regime domiciliar”.
Maluf foi condenado a sete anos, nove meses e dez dias de prisão pelo Supremo Tribunal Federal (STF) em maio, por crimes de lavagem de dinheiro na época em que foi prefeito de São Paulo (entre 1993 e 1996). O deputado só foi preso, no entanto, em dezembro do ano passado, por determinação do ministro do STF, Edson Fachin. Maluf está na Papuda, em Brasília.

Desde então, a defesa do parlamentar tem tentado fazer com que Maluf cumpra a pena em casa, sob argumento de que o deputado é idoso (86 anos) e tem a saúde frágil. Nas petições, os advogados alegam que o deputado sofre de um câncer e de “graves problemas cardíacos“. Em um dos pedidos, o advogado Antonio Carlos de Almeida Castro, o Kakay, mencionou a morte de dois presos na Papuda por problemas no coração. A Justiça, no entanto, manteve o parlamentar preso.

“A Lei de Execução Penal prevê que o preso pode ser escoltado até um hospital para tratamento e depois ser levado de volta para a cadeia”, disse o promotor, para quem Maluf sempre foi símbolo de impunidade dentro e fora do País e uma eventual soltura do político seria “vergonhosa”.

Fonte: Veja

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *