Home > Esportes > Marlone ganha espaço no Galo e se prepara para a sua primeira decisão em Minas

Marlone ganha espaço no Galo e se prepara para a sua primeira decisão em Minas

Ele chegou há pouco mais de um mês ao Atlético em baixa e sem ter feito bom início de temporada no Corinthians, seu clube anterior. Mas, a maré virou. O armador Marlone já é um dos jogadores de confiança de Roger Machado e disputará sua primeira decisão mineira, contra o Cruzeiro, domingo, às 16h, no Mineirão. Graças à boa exibição na goleada contra a URT por 3 a 0, nas semifinais, o atleta ganhou prestígio e deve ser um dos 11 que começarão o clássico no Gigante da Pampulha.

Apesar de estrear numa final do Mineiro, o ex-corintiano já tem um título por aqui. Em 2014, ele fazia parte do grupo celeste e chegou a participar de algumas partidas, mas não foi relacionado para os dois jogos contra o Atlético que decidiram o título – o duplo empate por 0 a 0 garantiu a 38ª conquista ao então time comandado por Marcelo Oliveira.

Marlone já se sente em casa no Atlético, ambientado aos novos companheiros. Nos tempos de Fluminense, ele jogou ao lado de Fred. No Sport, foi parceiro de Danilo e mais recentemente atuou ao lado de Elias, no Corinthians. “Desde o primeiro dia que cheguei fui bem recebido. Conhecia alguns atletas. Todos me abraçaram, me acolheram, já estou até dando risada com alguns. Aqui é uma família e tem tudo para gente evoluir esse ano. Estou bem adaptado”, afirma o jogador de 25 anos, tocantinense de Augustinópolis, que fica a 630 quilômetros da capital Palmas. Os familiares também o visitam com frequência. O irmão gêmeo Marlon está em Belo Horizonte desde a semana passada e tem ido aos treinos na Cidade do Galo para vê-lo em ação.

Marlone só poderá jogar a Copa Libertadores numa eventual segunda fase e concentra sua preparação apenas nos jogos do Mineiro. A partir de maio, o jogador também disputará o Campeonato Brasileiro com o time alvinegro – a estreia será em 13 de maio, contra o Flamengo, no Rio. Por outro lado, também ficará fora da estreia Copa do Brasil, diante do Paraná, também no mês que vem, pois já atuou pelo Corinthians na competição.

A estreia do jogador pelo Galo foi justamente na derrota para o Cruzeiro por 2 a 1, na primeira fase do Estadual. Ele já tem um gol pela equipe, de falta, marcado diante da Caldense, em Poços de Caldas, na única derrota da equipe no interior do estado (2 a 1). Depois disso, atuou nos jogos contra a URT, pelas semifinais. Foi decisivo na vitória no Horto, sofrendo um pênalti no segundo tempo, convertido por Robinho.

Velocista

Embora tenha iniciado a carreira como um armador central, tendo aparecido bem no Vasco em 2012 e 2013, Marlone será um dos velocistas pelos lados do campo contra o Cruzeiro. O Atlético já não contará com o meia-atacante Luan, que também joga nessa função, mas se recupera de lesão muscular. Ele não tem previsão de voltar a jogar.

Marlone se coloca à disposição de Roger Machado para jogar numa posição diferente no campo: “Quero entrar e fazer meu melhor, corresponder à altura, fazer o meu melhor. O grupo também está preparado para isso. Se ele optar por mim, para começar jogando, vou dar o meu melhor e ajudar a equipe”.

Fonte: Superesporte

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *