Home > Polícia > Morre PM que reagiu a assalto em micro-ônibus na Zona Norte de Manaus

Morre PM que reagiu a assalto em micro-ônibus na Zona Norte de Manaus

Morreu nesta quinta-feira (12) o policial militar Paulo Robson Leite de Maia, de 42 anos, baleado no rosto durante um assalto a um micro-ônibus na Avenida Torquato Tapajós, na Zona Norte de Manaus.

Paulo reagiu após um assaltante ameaçar uma criança com uma arma. Os dois suspeitos morreram.

O PM estava internado na Unidade de Tratamento Intensivo (UTI) do Hospital e Pronto-Socorro João Lúcio, em estado gravíssimo.

A Secretaria de Estado de Saúde (Susam) e a PM confirmaram a morte. A corporação deve repassar informações sobre o velório e enterro do policial.

Crime
Segundo testemunhas, dois homens entraram no micro-ônibus próximo ao Hospital Delphina Aziz e anunciaram o assalto. Um deles chegou a apontar a arma para a cabeça de uma criança de dois anos, quando o policial, que estava à paisana, reagiu e atirou no suspeito.

“Eles entraram aqui perto do Delphina, quando começou o arrastão. O policial tirou logo a arma e foi atirando no bandido e outro [assaltante] conseguiu acertar o policial, foi quando ele caiu. O bandido também caiu e o outro saiu correndo”, disse o estudante Marcus Alexandrino, de 18 anos.

Os motorista e o assaltante foram atendidos no Hospital Delphina Aziz. O suspeito morreu logo após dar entrada na unidade de saúde.

Um suposto comparsa, que teria participado da ação no micro-ônibus, fugiu e foi encontrado horas depois por policiais. Houve troca de tiros e ele também foi morto.

Fonte: Divulgação

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *