Home > Economia > No País, mais de 1,2 milhão de usuários trocaram de operadora no 1º trimestre

No País, mais de 1,2 milhão de usuários trocaram de operadora no 1º trimestre

Mais de 1,2 milhão de consumidores fizeram solicitações de portabilidade de telefonia no País, nos três primeiros meses do ano. De acordo com dados da Associação Brasileira de Recursos em Telecomunicações (ABRTelecom), entidade administradora da Portabilidade Numérica no Brasil, o número cresceu 12%, somente no primeiro trimestre, em relação a igual intervalo de 2016. Segundo a ABRTelecom, as taxas de migração estão voltando aos dados verificados no início das operações há nove anos.

“Duas questões impactam neste cenário. A primeira é a instabilidade de qualidade de sinal. Há um problema grave no Brasil. Verificamos que, na metade do tempo, os usuários do 4G não conseguem se conectar no 4G, e passam a usar o 3G. A segunda é a crise econômica”, observa o pesquisador em Telecomunicações do Instituto Brasileiro de Defesa do Consumidor (Idec), Rafael Zanatta.

A portabilidade numérica foi implantada em 2008 e permite trocas de operadoras de telefonia sem alteração do número de identificação do telefone desde que dentro do mesmo serviço – móvel para móvel ou fixo para fixo -, e na área de cobertura do mesmo DDD.

Entre 1º de janeiro e 31 de março, 309.740 (26%) usuários de telefonia fixa trocaram de operadora, enquanto 898.580 (74%) números de telefones móveis efetuaram a troca da prestadora de serviços.

Para a Associação Brasileira de Defesa do Consumidor (Proteste), a busca por promoções, com a retração na renda por conta da crise econômica, ajuda a explicar o avanço da portabilidade. “ O troca-troca vem sendo impulsionado pelas próprias operadoras, com promoções e descontos em aparelhos”, diz a advogada e representante da Proteste, Sonia Amaro.

Fonte: D24

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *