Home > Polícia > Polícia Civil prende dupla em posse de arma de fogo durante cumprimento de mandado de prisão no bairro Santo Antônio

Polícia Civil prende dupla em posse de arma de fogo durante cumprimento de mandado de prisão no bairro Santo Antônio

A Polícia Civil do Amazonas, por meio da equipe de investigação do 2º Distrito Integrado de Polícia (DIP), sob o comando do delegado titular da unidade policial, Aldeney Goes, prendeu, em flagrante, no início da noite de quarta-feira (02/05), por volta das 18h, André Amorim Bandeira, 19, conhecido como “Mariah” ou “Mariate”, e Douglas Patrício Crisóstomo, 24, por posse ilegal de arma de fogo.

De acordo com a autoridade policial, o fato ocorreu durante cumprimento de mandado de prisão por tentativa de homicídio em nome de André. A ordem judicial foi expedida no dia 3 de abril deste ano, pela juíza Lídia de Abreu Carvalho Frota, no Plantão Criminal. Conforme Aldeney Goes, o flagrante aconteceu na casa do infrator, situada em um condomínio localizado na rua Padre Agostinho Martin, bairro Santo Antônio, zona oeste da capital.

“Chegamos até os infratores após recebermos delação, feita ao número (92) 99662-2475, o disque-denúncia do 2º DIP, informando a localização dos infratores. Nos deslocamos até o endereço indicado a fim de averiguarmos a veracidade das informações. No local encontramos os infratores e, com eles, achamos uma pistola PT.40, de uso restrito das polícias, e, em razão disso, ocorreu o flagrante”, explicou Goes.

A autoridade policial disse, ainda, que André está envolvido em triplo homicídio ocorrido no dia 19 de outubro de 2017. O caso está sendo investigado pelo 7° DIP. Na época, os infratores estavam atrás de Rivaldo Jesiel de Souza Batalha, conhecido como “Biel”, que conseguiu empreender fuga.

“Foi a partir desse caso que representei à Justiça o pedido de prisão preventiva em nome de André, por tentativa de homicídio. Na época, os dois comparsas dele, que tiveram participação ativa nas execuções, foram presos em cumprimento a mandados de prisão representados por mim”, destacou Aldeney.

Foragido da Justiça – Na delegacia, durante os procedimentos cabíveis, foi constatada a existência de um mandado de prisão, por tráfico de drogas, expedido pela Justiça do Rio de Janeiro, em nome de Douglas. “As informações que nós temos é que ele teria sido preso no Rio de Janeiro com 30 quilos de drogas, o que gerou a condenação e o encarceramento dele. Em razão da fuga dele, foi decretada a prisão desse indivíduo e nós estamos dando cumprimento agora”, ressaltou Goes.

Ordem Judicial – O mandado de prisão preventiva por tráfico de drogas, em nome de Douglas, foi expedido no dia 19 de maio de 2017, pelo juiz Mário José Esbalqueiro Júnior, da 2ª Vara de Execução Penal da Comarca de Campo Grande, no estado do Rio de Janeiro.

Flagrante – Os infratores foram autuados em flagrante por porte ilegal de arma de fogo de uso restrito. Ao término dos procedimentos na unidade policial, eles serão levados para Audiência de Custódia no Fórum Ministro Henoch da Silva Reis, no bairro São Francisco, zona sul da capital. Em razão dos mandados de prisão, por crimes distintos, em nome dos infratores, ao término da Audiência de Custódia eles serão conduzidos ao Centro de Detenção Provisória Masculino (CDPM), onde devem permanecer à disposição da Justiça.

Fonte: PC

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *