Home > Polícia > Polícia investiga morte de auxiliar de cozinha que teria denunciado tráfico em Manaus

Polícia investiga morte de auxiliar de cozinha que teria denunciado tráfico em Manaus

Uma auxiliar de cozinha, de 39 anos, foi assassinada a tiros na noite da segunda-feira (1º), no bairro Parque Dez de Novembro, na Zona Centro-Sul de Manaus. Isaide da Silva Pinhais foi abordada por dois homens armados em uma rua. A dupla oito vezes da vítima. A Polícia Civil investigará se uma denúncia contra o tráfico de drogas feita pela vítima motivou o crime e identificar os suspeitos.
O crime ocorreu, por volta das 21h30, na rua Nikita Kruschev, no conjunto Shangrilá. Testemunhas relataram à polícia que Isaide da Silva caminha acompanhada de um homem quando outros dois homens armados se aproximaram e começaram a atirar.
Segundo a Polícia Civil, a auxiliar de cozinha voltava para casa e foi atingida com oito tiros na cabeça. A vítima morreu em via pública. O homem que acompanhava auxiliar de cozinha conseguiu escapar dos criminosos, mas não foi identificado.
Logo após o assassinato, a dupla fugiu a pé pela rua e ainda não foi identificada pela polícia. Uma equipe da 23ª Companhia Interativa Comunitária (Cicom) esteve no local e isolou a área até chegada dos peritos do Instituto de Criminalística.
A Delegacia Especializada em Homicídios e Sequestros (DEHS) investiga o crime. A primeira linha de investigação é que Isaide tenha denunciado a comercialização de drogas em uma boca de fumo na comunidade onde morava e o assassinato pode ter sido uma vingança.
A auxiliar de cozinha é natural de São Gabriel da Cachoeira e residia em Manaus há dez anos. Familiares e amigos disseram que ainda não sabem o motivou o crime.

Fonte: G1

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *