Home > Esportes > Suco e “arranhão” no francês: Marquinhos elogia adaptação de brasileiros ao PSG

Suco e “arranhão” no francês: Marquinhos elogia adaptação de brasileiros ao PSG

Após a convincente vitória por 5 a 0 contra o Celtic, pela Liga dos Campeões, o PSG volta a focar no Campeonato Francês, onde enfrenta o Lyon. E se dentro de campo as coisas vão bem, é muito por conta da rápida adaptação de reforços como Neymar, Mbappé e Daniel Alves ao clube parisiense. Em entrevista coletiva nesta sexta-feira, o zagueiro Marquinhos reforçou essa facilidade, e revelou uma curiosidade: ao aprender a língua francesa, o que Neymar mais quer saber passa longe dos gramados.
– Jogadores de alto nível se adaptam muito bem. Eles já viveram com estrelas, então sabem como se adaptar. Você tem que aprender a filosofia do clube, a linguagem e se aproximar dos outros, e eles fazem isso muito bem. Daniel Alves sabe algumas palavras de francês, o Neymar tem um pouco mais de dificuldade, mas ele tenta. Ele pergunta como comprar suco de laranja em um restaurante – disse o zagueiro, aos risos.
O defensor brasileiro também disse que, mesmo com o bom início no Campeonato Francês – até aqui, são cinco vitórias em cinco jogos – e com a boa estreia na Liga dos Campeões, ainda há muito para evoluir. Ele acredita que o Paris Saint-Germain está tendo que se adaptar aos adversários a cada jogo, mas que o elenco está assimilando bem as ideias de Unai Emery, técnico do clube.
– Nós sempre podemos melhorar, ainda não atingimos nosso nível mais alto. Temos que nos adaptar aos nossos adversários a cada jogo. Durante a temporada, nós vamos alcançar nosso melhor futebol, mas esse ainda não é o caso. Temos que trabalhar nos automatismos com os novos jogadores, mas a adaptação à filosofia do novo treinador é muito boa.
Outro brasileiro presente no clube é o ponta Lucas Moura. No entanto, diferente de Neymar, Daniel Alves ou Marquinhos, o jogador não conseguiu conquistar seu espaço no time titular, apesar de ser utilizado com alguma frequência como reserva. Marquinhos reconheceu a importância de Lucas no time, e ressaltou a proximidade entre os dois.
– Ele é uma pessoa muito próxima, como um irmão para mim. Nós vamos alcançar nossos objetivos com todo o elenco, não só com onze jogadores. Durante a temporada, alguns jogadores ficarão doentes ou machucados, e o atleta deve estar preparado para aproveitar a oportunidade – disse.
Apesar de manter a invencibilidade na liga francesa, o Paris Saint-Germain não deve esperar uma partida fácil contra o Lyon. A equipe visitante também não perdeu e ocupa o terceiro lugar no torneio, com três vitórias e dois empates.

Fonte: Divulgação

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *