Home > Famosos > Ex-BBB Marcos rejeita rótulo em relação com Babi Rocha: ‘Ficando há pouco tempo’

Ex-BBB Marcos rejeita rótulo em relação com Babi Rocha: ‘Ficando há pouco tempo’

‘Não sou muito de definir situações’, explicou o cirurgião plástico
Marcos Härter, do “BBB17”, abriu o jogo sobre seu relacionamento com Babi Rocha, com quem engatou o romance em junho deste ano. Em entrevista à Luciana Gimenez, no “SuperPop” desta segunda-feira (4), o cirurgião plástico disse preferir não rotular seu relacionamento com a estudante, que agitou os fãs ao posar ao lado do doutor em foto publicada por ele no Instagram. “A gente está ficando há muito pouco tempo. Não sou muito de definir situações, tem que deixar o corpo, coração, o cérebro agirem”, despistou.
‘ELA SABIA QUE EU JAMAIS BATERIA NELA’, DECLAROU MARCOS SOBRE EMILLY
No bate-papo, o médico também falou sobre sua polêmica participação no reality show e voltou a minimizar a acusação de agressão à Emilly, sua ex. “Ela sabia que eu jamais bateria nela, ela me conhecia e sabia disso. Jamais imaginei que ela faria o depoimento que fez dizendo que eu a agredi de forma intencional. Se tem um relacionamento filmado do começo ao fim foi o nosso, não existia agressão velada”, garantiu ele, afirmando não ter machucado a gêmea. “Ela não ficou roxa mediante minhas ações. Tínhamos várias provas de resistência mais intensas do que a gente imaginava. A delegada disse que (a expulsão) foi uma decisão unilateral da Globo”, afirmou.
MÉDICO TENTOU SE AFASTAR DE EX: ‘O CONFINAMENTO NÃO PERMITIA ISSO’
Dentro do confinamento, Marcos, que pediu cachê de R$ 100 mil para participar da nova temporada de “A Fazenda 9”, disse ter procurado ficar longe de problemas, incluindo da gaúcha para que o pior não acontecesse, mas não conseguiu evitar a aproximação da jovem. “O grande ponto era não ter para onde correr. Quando eu me relacionava com alguém que não me dava bem, eu me afastava. O confinamento não permitia isso, tentei duas ou três vezes”, recordou. Em seu último dia na casa, faltando apenas três dias da final, Emilly virou mais uma de seus adversários: “Eu enfrentava uma disputa não só com eles, como com a produção. Não estava de acordo com a forma como nos tratavam. Os outros aceitavam para não sofrerem o pênalti que eu sofri”.
DOUTOR ACREDITA QUE SUA ELIMINAÇÃO FOI INJUSTA: ‘DEPOIMENTO DELA NOS AFASTOU’
O gaúcho ainda declarou ter achado sua saída injusta. “Esse depoimento dela nos afastou. Eu saí de uma forma injusta. Quando a Ana Paula Renault foi expulsa, apareceu tudo, desde a reclamação do Renan até a comunicação da produção. No meu caso faltou transparência emissora. Queria que tivessem mostrado a minha, o público precisava ver e ouvir o que eu ouvi”, concluiu.

Fonte: Divulgação

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *